A Fortaleza de Santa Cruz

  • Localizada na Ilha de Anhatomirim, cerca 50m da praia do Porto no município de Governador Celso Ramos.

  • De significado controverso, com origem no tupi guarani, "Anhato" pode significar "Passagem Estreita" ou "Garganta do Diabo". Jáo  radical "mirim" significa pequeno. Anhatomirim seria, portanto, "Pequena garganta do diabo" ou "Pequena passagem estreita" Ambos em referência ao pequeno canal formado entre o continente e a ilha.

  • Construída entre 1739 e 1745 pelo português brigadeiro José da Silva Paes, primeiro governador da então capitania hereditária de Santa Catarina.

  • Nesses 6 anos de construção, cerca de 150 soldados, 200 escravos africanos e incontáveis indígenas, trabalharam para erguer imponentes prédios de paredes espessas e arquitetura rebuscada.

  • Em conjunto com A Fortaleza de São José da Ponta Grossa (na praia do Forte) e com a Fortaleza de Santo Antônio de Ratones (na ilha de Ratones grande), formavam o triangulo defensivo da barra da Baía Norte da Ilha de Santa Catarina, projetado pelo brigadeiro para defender as terras da capitania, na época, ainda muito pouco habitada.

  • Com uma longa história, serviu a diferentes propósitos em diferentes momentos da história, sendo abandonada, depredada e depois restaurada pela Universidade Federal de Santa Catarina que administra e mantém as 3 Fortalezas, abertas à visitação desde 1984.

Os golfinhos

  • O golfinho Sotalia guianensis, também chamado de boto cinza deu nome à Baía dos Golfinhos mas raramente é mais visto por lá durante o dia, apenas à noite, quando usa a baía para descansar.

  • Segundo o conhecimento tradicional dos pescadores da região, esses golfinhos costumam "pegar uma carona" na pesca de arrasto de camarão, antes permitida e agora proibida em toda a àrea da APA.

  • Como alguns pescadores ainda pescam  ilegalmente na área da Baía de São Miguel, vamos navegando até lá pra ver esses belíssimos cetáceos em plena atividade de alimentação.

A APA de Anhatomirim

  • Criada em 1992, a Área de Proteção Ambiental (APA) de Anhatomirim tem cerca de 4.500 hectares entre o Bioma Mata Atlântica e o Marinho Costeiro, no Município de Governador Celso Ramos.

  • O objetivo dessa Unidade de Conservação é proteger os golfinhos da espécie Sotália guianesis residentes na área da APA, a Mata Atlântica e todos os recursos necessários à substência dos pescadores artesanais do Município.

  • Dentro da área marinha da APA existem regras que restringem o tamanho, o tipo e a quantidade de embarcações de passeio e de turismo, além da forma de aproximação destas aos golfinhos.

  • A Escuna Maresia tem licença ambiental para funcionar dentro da APA e respeita todas as regras de proteção aos golfinhos.

As riquezas de Governador Celso Ramos

  • O município de Governador Celso Ramos (GCR), que fica à 14 Km de Florianópolis, foi fundado em 1963 dando novo nome a grande região que abrigava a Armação da Piedade, segunda maior Armação baleeira do Brasil colônia.

  • Inicialmente povoado por escravos africanos e famílias açorianas que trabalhavam nas prósperas armações baleeiras, GCR sofreu uma grande evasão de pessoas após o declinio da pesca da baleia, causada pelo fim do monopólio português (1847) e pelo advento do querozene. 

  • Após o declínio das armações, aqui restaram poucas famílias de pescadores, cerca de 2 ou 3 centenas de pessoas, que se mantiveram e desenvolveram chegando à população atual de quase 13 mil habitantes.

  • Atualmente o município ainda tem a pesca e agora o turismo como principais atividades econômicas. Abrigando de forma contrastante, embarcações, cenários e personagens ligados `a tradição da pesca e o turismo de alto luxo nos resorts, praias particulares e iates imponentes.

  • Para aproveitar GCR indicamos uma visita à nossa Baía dos Golfinhos, praia abrigada, perfeita para crianças e para a prática de Stand Up Padlle (que podem ser alugados em nosso escritório), à secular capela de Nossa Senhora da Piedade (1745), na Armação da Piedade, ao balneário da Praia de Palmas, às diversas trilhas que levam às cachoeiras em meio à Mata Atlântica nativa e às mais de 46 praias, muitas delas particulares, mas com acesso garantido, pelo ICMBio, por trilhas e pelo mar.